Esportes

Amapaense de 14 anos escapou ‘por milagre’ da tragédia que matou 10 jogadores da base de juniores do Flamengo

Guga Maia mora com os pais no Rio de Janeiro, e não estava no Ninho do Urubu na noite do incêndio porque o treino de sexta havia sido cancelado.

Compartilhe:

O amapaense Guga Maia, de 14 anos, foi um dos poucos jogadores da base de juniores do Flamengo que não estavam na madrugada da última sexta-feira no Centro de Treinamento do clube carioca e, por isso, escapou da tragédia que vitimou dez jovens entre 14 a 16 anos.


Conforme explicou o tio de Guga, Humberto Souza, no programa Togas&Becas (DiárioFM 90,9) do último sábado (09), o garoto, ainda “em estado de choque”, deverá se submeter a acompanhamento psicológico.

“Ele está muito abatido, bastante abalado, e por isso com certeza terá acompanhamento psicológico (por parte do Flamengo), porque o choque foi muito forte, eles eram amigos, ele tinha uma convivência muito intensa com eles, e vai precisar de um certo tempo para volta à rotina”, comentou.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *