Esportes

De folga na tabela, Jogadores e comissão técnica do São Paulo visitam CT de clube homônimo na capital paulista

Os jogadores do Tricolor amapaense aproveitaram para tietar o elenco do São Paulo que só viam pela televisão.

Compartilhe:

Os Jogadores do São Paulo-AP e do clube homônimo estiveram juntos pela primeira vez. Na terça-feira (9), o xará do Amapá, uma das surpresas da Copinha, visitou o CT da Barra Funda e encontrou o Tricolor paulista que serviu de inspiração para fundar o clube amapaense.

Coincidentemente, a equipe amapaense estava jogando a fase de grupos no Estádio Nicolau Alayon, em frente ao CT do São Paulo. Após a derrota para o Santo André, mas já classificado para a segunda fase, o elenco do Tricolor do Norte atravessou a Avenida Marquês de São Vice

Os jogadores do Tricolor amapaense aproveitaram para tietar o elenco do São Paulo que só viam pela televisão. O técnico Ademir Pitopô conta que aproveitou bastante o encontro para bater um papo e pegar dicas do colega de profissão, Dorival Júnior.

“Foi muito bom a visita ao CT do São Paulo. Tive a oportunidade de conversar com o Dorival. Ele me deu dicas sobre o trabalho. Ele é uma pessoa com um currículo invejável, mas que também tem uma humildade imensa” disse Pitopô.

Criado em 1988 por torcedores do São Paulo, o xará do Amapá tem o mesmo nome e as cores. Nos últimos anos até o uniforme é parecido. Em 2016, o Tricolor do Norte apresentou a terceira camisa que era praticamente idêntica ao terceiro uniforme lançado pelo clube paulista para homenagear o então goleiro Rogério Ceni, que se aposentou no fim de 2015. A única diferença entre os clubes é a sigla “AP” no escudo.

O São Paulo-AP tem feito história na Copinha. O Tricolor quebrou a marca negativa no futebol amapaense, em que nenhum time do estado havia vencido na estreia no torneio nos últimos 10 anos. O time são-paulino também é o primeiro clube do Amapá a avançar para a segunda fase da competição.

 
Compartilhe:

Tópicos: