Esportes

Estação Esporte: “remada” proporciona diversão e serviços sociais ao público

A programação do Macapá Verão continua até o dia 1º de agosto, com a Estação Lunar, na praia da Fazendinha.

Compartilhe:

Sábado de sol, com muita programação de esporte no Macapá Verão. A Estação Esporte, realizada pela prefeitura, proporcionou um verdadeiro passeio pelas águas do rio Amazonas, na tarde de sábado, 20.

O passeio teve como objetivo apresentar a modalidade esportiva “Remada”, também conhecida como “Stand-up paddle”. O esporte, em crescimento na capital e no Brasil, é uma variação do surf, onde os participantes praticam a modalidade com remos e em pé na prancha.

De férias em Macapá, a estudante de enfermagem Elisandra Arruda, que mora em Belém (PA), participou da programação. “Aproveitei as férias para vir a Macapá e quando meu namorado falou sobre a remada me interessei em conhecer o esporte. Estou adorando, em Belém não temos esse tipo de evento organizado pelo poder público. Parabéns aos idealizadores, está tudo muito legal”, comentou a turista. 

Além do lazer, o desenvolvimento das potencialidades turísticas e a geração de renda são foco da programação. Para João Rodrigues, comerciante informal e morador do bairro Cidade Nova, no entorno da orla do Jandiá, a programação abre portas para melhorar a renda no mês de julho. “Participei na sexta-feira também lá no Araxá, e fiquei sabendo que hoje teria essa programação aqui, está tão bonita que eu aproveitei para trazer os meus meninos para brincar enquanto eu vendo meus refrigerantes e a minha batata frita, e garantir um dinheirinho a mais”, comentou o comerciante.

A programação contou ainda com ações sociais, como corte de cabelo e zumba. A cabeleireira Joana Velar aproveitou a oportunidade para disponibilizar gratuitamente o seu trabalho à criançada da comunidade. Quem também esteve com serviços voluntários foram as idealizadoras do projeto Cuidadoras da Alegria, Dilmara e Eliane Santana, que animaram o público com muita dança e atividades de raciocínio lógico.

O grupo da remada contou com a segurança proporcionada pelas equipes do Corpo de Bombeiros e Marinha, que deram suporte durante o trajeto. E, claro, com o barco de apoio, para quem cansava no meio do percurso.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *