Esportes

Falta de estrutura no Avertino Ramos poderá comprometer calendário de federações em 2018

Atualmente, o ginásio está com o piso cheio de falhas, as cadeiras das arquibancadas quebradas e os banheiros sem condições de uso.

Compartilhe:

Esportistas amapaenses reclamam das condições do Ginásio Avertino Ramos que passou por alguns “remendos”, mas mesmo assim não tem condições de sediar jogos e nem de receber o público. Sem a principal quadra, as federações tiveram problemas para finalizar o calendário do ano passado e a tedencia é que o mesmo aconteça em 2018.

Atualmente, o ginásio está com o piso cheio de falhas, as cadeiras das arquibancadas quebradas e os banheiros sem condições de uso. O problema fica ainda maior para as federações esportivas que também não podem contar com o Ginásio Paulo Conrado que está com estruturas danificadas e não tem capacidade para receber grandes eventos.

As federações de basquete e de futsal foram as mais afetadas. Os dirigentes das duas entidades esportivas pedem uma solução rápida para o problema e assim possam finalizar o calendário do ano passado e iniciar o de 2018.

“Nós temos duas competições do calendário de 2017 para fazer. Os torneio são das categorias onde têm garotos que recebem o programa Bolsa Esporte e que precisam fazer a competição para que permaneçam recebendo o benefício. Nós sabemos das dificuldades que o governo passou, mas as federações precisam do seu espaço para trabalharem” disse o presidente da federação de basquete, Agostinho Lopes.

 
Compartilhe:

Tópicos: