Esportes

Medalhistas paralímpicos e dos Jogos Escolares nacionais são recepcionados no Setentrião

Atletas e paratletas conquistaram 48 medalhas nas competições nacionais que aconteceram em Santa Catarina e São Paulo.

Compartilhe:

O som das medalhas batendo umas nas outras foi a trilha da vitória que ecoou pela sala de reuniões do Palácio do Governo na tarde desta quinta-feira, 28, quando atletas que disputaram os Jogos Escolares da Juventude 2019, em Blumenau (SC), e das Paralimpíadas Escolares 2019, em São Paulo (SP), foram recebidos em homenagem pelo governador em exercício do Amapá, Jaime Nunes.

Os jovens estavam acompanhados pelos pais, responsáveis e equipe técnica das delegações. A maioria deles carregava mais de uma medalha no pescoço.

A recepção calorosa teve uma razão: os atletas e paratletas conquistaram o impressionante número de 48 medalhas nos dois eventos. E os resultados ainda podem aumentar, já que os Jogos Escolares da Juventude só terminam no sábado, 30.

Foram 12 medalhas para o Amapá nos Jogos Escolares, e 36 na competição paralímpica, que encerrou no dia 23 de novembro.


Jaime Nunes reconheceu o esforço de cada atleta, dos pais e responsáveis, e, também, da equipe técnica das delegações. “Esse aqui é um momento de agradecimento, todo cidadão amapaense deve saber dessa conquista. Tivemos um retorno magnífico do investimento que fizemos, e estamos buscando fazer muito mais para esses atletas”, destacou.

Durante o evento, foi aberto diálogo para os atletas fazerem perguntas e falarem sobre a experiência para o governador. O jovem Kaiki Renan, 16 anos, estudante da Escola Estadual Irineu da Gama Paes, tem paralisia cerebral, e bateu o recorde nas modalidades arremesso de peso, dardo e disco. O atleta cadeirante pediu mais valorização dos profissionais do esporte e melhores condições de acessibilidade.

“É muito importante que valorizem mais os profissionais que nos ajudaram a conquistar essas medalhas, e precisamos também de mais acessibilidade em nossa capital para continuarmos nossa jornada”, pediu o campeão.


A Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) é responsável pela coordenação das delegações e executou o investimento de mais de R$ 800 mil em passagens aéreas para a participação dos adolescentes nas competições.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *