Esportes

Nadador amapaense disputará Campeonato Mundial de Natação Master pela Seleção Brasileira

Emílio Dias, que largou a bebida e o cigarro depois de 28 anos de vício, revela-se um fenômeno das águas.

Compartilhe:

Douglas Lima
Da Redação

Emílio Dias, amapaense que durante 28 anos foi alcoólatra e viciado em cigarro, está de viagem marcada ao Rio de Janeiro para dia 3 de agosto se integrar à Seleção Brasileira de Natação que irá a Seul, capital da República da Coreia, para disputar o Campeonato Mundial de Natação Master, Categoria 66 anos. Ele é o único amapaense convocado.

A carreira de nadador de Emílio é extraordinária. Há apenas quatro anos ele tem contato com a água, porém já é detentor de 120 medalhas, sendo o 5º lugar do ranking nacional nos 400 e 800 metros, e o 4º nos 1.500 metros.

No último fim de semana, Emílio Dias, a título de treinamento para o; Mundial de Seul, nadou paralelamente à competição de canoagem do Macapá Verão, da Rampa do Jandiá à Concha Acústica, e surpreendentemente chegou na frente dos canoístas.

Pelo feito no rio Amazonas, o nadador master foi parabenizado pelos bombeiros que o acompanharam como apoio de segurança, chegando a dizer que o que Emílio Dias fez fora um milagre.


Em Seul, defendendo a Seleção Brasileira, Emílio Dias participará de duas competições, a primeira na Ilha Conju, em mar aberto, e, outra, na capital coreana do sul.

Depois de 28 anos de dependência de álcool e nicotina, Emílio se descobriu um grande nadador, e passou a ter nas águas uma atividade frenética.

Em apenas quatro anos, nadou na Hungria, Buenos Aires e Uruguai. No Brasil, já defendeu a nado as equipes do Clube do Remo, Tuna, Sport Clube Recife, Flamengo e Botafogo. Está com convite para nadar pelo Paysandu, mas isso só pra depois do Campeonato Mundial, que acontecerá, em dias esparsos, de 10 a 19 de agosto, na Coreia do Sul.

Como se não bastasse, o fenômeno das águas mantém o projeto ‘Eu amo nadar’, no bairro do Jandiá’, ensinando a garotos a prática da natação. E ele já aponta um menino que poderá despontar no esporte, logo-logo, o seu pupilo Vitinho, de apenas cinco anos de idade.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *