Esportes

Zagueiro brasileiro do Braga é observado por clubes da Rússia e da França, afirma empresário

Pablo Santos tem cláusula de rescisão de cerca de 20 milhões de euros, mas pode mudar de país em janeiro

Compartilhe:

Desde que deixou o Paysandu, em junho de 2017, o zagueiro Pablo vive um crescimento exponencial na Europa.
Depois de uma temporada cheia no Marítimo e meia pelo Braga, o defensor brasileiro tem mantido números consistentes e chamado a atenção de clubes de outros países da Europa, como Rússia, Alemanha e França.
Em contato, o próprio zagueiro e o seu representante, Sérgio do Espírito Santo, confirmaram que clubes da primeira divisão de Rússia e França têm monitorado o ex-bicolor de olho na abertura da janela de transferências de inverno, dia 1º de janeiro. O contrato dele com o Braga tem multa rescisória fixada em aproximadamente 20 milhões de euros.
No final do primeiro semestre, antes acertar com o time do Norte de Portugal, o defensor paraense também chegou a ser procurado por Saint-Éttiene, da França; e Hoffenheim, da Alemanha.
Conhecido em Portugal como Pablo Santos, o defensor tem atualmente 26 anos e é natural de Tomé-Açu, no interior do Pará. Formado na base do Paysandu e jogador do Papão até o ano passado, ele rapidamente conquistou a titularidade no Marítimo, da Ilha da Madeira, clube que defendeu até a metade deste ano. Foram 25 jogos e um gol marcado.
Este ano foi comprado pelo Braga, onde reencontrou Raul Silva, seu companheiro de clube no Pará. Como ambos são canhotos, disputam a titularidade de zagueiro pela esquerda no time arsenalista. Mesmo novo no clube, Pablo tem mais minutos que o conterrêneo nesta temporada, já que Raul passou período lesionado. Ele já soma três gols em 14 jogos no Braga, o últimos deles nesta terça-feira, pela Taça de Portugal

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *