Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Nota 10

Amapaense é eleita presidente do grupo de Jovens Senadores no Congresso Nacional

Aluna da Escola Estadual Professor Antônio Ferreira Lima Neto, de Macapá, Quéren Hapuque buscar ser um exemplo para os jovens que querem seguir o caminho da política.


O Senado promoveu nesta segunda-feira (27) sessão para empossar os jovens senadores selecionados no programa. Os 27 estudantes elegeram os integrantes da Mesa Diretora do Jovem Senador 2022. O grupo — que participa, até o dia 1º de julho, da Semana de Vivência Legislativa — terá como presidente a aluna amapaense Quéren Hapuque de Araújo Lima, e como vice-presidente, Gabriel Cezar Luiz Rigolin, do Paraná.

Também foram eleitos como primeiro e segundo secretários, respectivamente, os estudantes Erick Gabriel Ferreira Cordeiro da Silva, da Paraíba, e Francisco Davi da Silva, do Ceará.

Dos 27 estudantes, 9 se candidataram à presidência, e Quéren Hapuque e Gabriel Rigolin foram os mais votados, com 6 votos cada um. Assim como acontece na eleição para presidente do Senado, assumiu o estudante com mais idade.

Aluna da Escola Estadual Professor Antônio Ferreira Lima Neto, de Macapá, Quéren Hapuque agradeceu o apoio dos colegas e disse que quer aproveitar a oportunidade para, por meio da união, buscar ser um exemplo para os jovens que querem seguir o caminho da política. Ela lamentou que, em muitas situações, a opinião dos adolescentes não seja levada em consideração pelo simples fato de serem jovens. Para Quéren, a participação ativa dos estudantes na política fará com que eles possam ser ouvidos e, assim, começar a transformação do mundo.

“Quantas vezes nós, jovens de 14 a 18 anos, fomos silenciados pela população, pela sociedade? Quantas vezes os nossos desejos, as nossas posições foram ignorados só pelo fato de sermos jovens? Quantas vezes fomos calados dentro de escolas, dentro de qualquer lugar; nossa opinião geralmente não é respeitada, mas nós somos jovens, nós somos jovens participativos ativamente na política. Então, que nós possamos fazer a diferença hoje. Muitas pessoas falam que os jovens são o futuro do Brasil, o futuro do mundo, mas eu acredito que os jovens são o agora. Que nós possamos fazer a diferença agora, neste momento, que nós possamos mudar o mundo, mudar a forma com que as coisas acontecem”, defendeu.

 

Fonte: Agência Senado


Comente