Nota 10

Secult recebe o projeto independente “Carnaval no Meio do Mundo”

A iniciativa partiu das três agremiações citadas, que foram recebidas pelo secretário da Secult, Dilson Borges, que recebeu o documento.

Compartilhe:

Presidentes de três escolas de samba, Marcelo Zona Sul (Piratas da Batucada), Rogério Furtado (Unidos do Buritizal) e Diego Cearense (Piratas Estilizados), protocolaram na manhã desta quarta-feira (21), na Secretaria de Cultura, o projeto cultural independente “Carnaval no Meio do Mundo”, com um novo modelo e data para o carnaval de 2019.

O projeto contempla as 10 escolas de samba, mas sem a coordenação da Liga das Escolas de Samba (Liesap), por essa não estar atuando de nenhuma forma para a realização do evento, além da sua inadimplência, que há anos a impede de assinar e receber oficialmente convênios com órgãos públicos investidores do carnaval.

 

A iniciativa partiu das três agremiações citadas, que foram recebidas pelo secretário da Secult, Dilson Borges, que recebeu o documento.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *