Polícia

Assaltante investigado por roubo de meio milhão em joias é preso pela DECCP

Assalto à joalheria, no Centro de Macapá, ocorreu em fevereiro deste ano. Trio armado levou mais de R$ 500 mil em joias. Polícia diz que roubo foi encomendado.

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

O delegado Glemerson Arandes, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP), comandou na manhã desta terça-feira (11) a prisão de Alejandro de Souza Pantoja, de 19 anos, que é investigado pelo roubo de meio milhão de reais em joias, registrado em fevereiro deste ano em uma joalheria localizada no Golden Shopping, Centro de Macapá.

Segundo o delegado, Alejandro foi preso em casa, no bairro Araxá, nas primeiras horas do dia. Os policiais bateram à porta e ele próprio abriu. “Ele abriu a porta com uma pistola em mãos, mas não houve esboço de reação. Cumprimos o mandado de prisão preventiva e o trouxemos para o Ciosp Pacoval”, disse o delegado.

 

A arma apreendida com o investigado, uma pistola calibre 380, foi furtada de um oficial do Exército no ano passado. O próprio Alejandro disse que pagou R$ 7 mil pela ‘peça’, e que a adquiriu recentemente para defesa pessoal.

Sobre o roubo à joalheria, o delegado disse que a ação foi planejada e que o assalto ocorreu sob encomenda. “Assim que eles efetuaram o roubo as joias já foram repassadas. Foi um roubo encomendado”, disse Arandes.

 

O cunhado de Alejandro, Felipe Gomes Lobato, de 21 anos, já havia sido preso no mês de março, por tráfico de drogas, na mesma região. Durante interrogatório na polícia ele revelou que havia participado do roubo e delatou o cunhado e outro comparsa que segue foragido.

Após ser ouvido em depoimento ele foi encaminhado para exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) antes de ser transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) onde ele ficou preso, por trinta dias, no ano passado, também por roubo.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *