Polícia

Assalto em casa de câmbio termina com dois bandidos mortos em Oiapoque

Três criminosos invadiram uma casa de câmbio na tarde de segunda-feira (10). Dois deles acabaram mortos em troca de tiros com policiais do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM).

Compartilhe:

Os assaltantes Ivon Batista Serrão, de 32 anos, o ‘Paulinho Gogó’, e Adonai Felipe Valente Martins, foram mortos na tarde de segunda-feira (10) durante confronto armado com policiais do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), de Oiapoque, distante 590 quilômetros da capital Macapá. Um terceiro assaltante, identificado como Magno Herbert Santana do Carmo, de 29 anos, foi preso após ter se rendido.

 

Segundo a polícia, por volta de 14h os criminosos invadiram uma casa de câmbio e roubaram cerca de R$ 26 mil, além de jóias. Os bandidos fugiram pela BR-156. A Polícia Militar foi até o posto de controle da Polícia Rodoviária Federal (PRF) pedir apoio na ação. No retorno os policiais se depararam com uma picape Hilux – semelhante à descrita pelas vítimas – saindo do ramal de Vila Vitória.

 

Os militares fizeram a interceptação do veículo, mas ao desembarcarem os policiais foram recebidos à bala. Um dos tiros atingiu a viatura da PM. No revide eles alvejaram Ivon Batista que estava ao volante da picape. Ele morreu na hora. Herbert se rendeu ao se jogar no chão.

 

Adonai Felipe foi recrutado em Macapá e morreu no confronto

Adonai Felipe seguiu atirando e se embrenhou em área de mata onde houve novo confronto. Ele também acabou alvejado e morto. O dinheiro do assalto foi recuperado. Os corpos foram removidos para necropsia na Polícia Técnico-Científica (Politec).

 

Ivon Serrão arquitetou o assalto e morreu na troca de tiros

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o assalto foi arquitetado por Ivon Batista. Ele teria recrutado Magno Herbert no município de Santana, e Adonai Felipe, na região do Bueirinho, na Zona Norte de Macapá. Ivon atuava com o transporte ‘pirata’ e o carro usado no emprego do assalto estaria locado para ele.

 

Magno Herbert foi recrutado em Santana e foi preso ao se render

Herbert foi ouvido em depoimento e indiciado. Ele está preso à disposição da Justiça do Amapá.

 

Reportagem: Elden Carlos
Fotos: Divulgação

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *