Polícia

Bandido morto em confronto com o Força Tática no Zerão era procurado por homicídio

‘Rogerinho’ integrava facção criminosa e era especialista em assaltos, tráfico de drogas. Ele era procurado por homicídio.

Compartilhe:

O assaltante Rogério Pacheco da Silva, de 19 anos, o ‘Rogerinho’, morreu na manhã desta terça-feira (14) durante intervenção do Batalhão de Força Tática (BFT) em uma residência onde ele estava homiziado, localizada em área de passarela no final da Rua Agenor Ferreira Pinto, bairro Zerão, zona sul de Macapá.


Segundo o comandante em exercício do BFT, major Max Almeida, a equipe estava em patrulhamento pelo bairro quando recebeu [por volta de 6h30] a denúncia de que no imóvel estava um foragido da justiça e de que ele estava armado com um revólver.


“Assim que chegamos ao endereço houve a confirmação da denúncia. Realizamos a intervenção, mas esse marginal passou a efetuar disparos de dentro de um dos cômodos. Os policiais se abrigaram e revidaram. Ele foi alvejado”, disse o major.

O resgate médico foi acionado, mas Rogerinho morreu antes do atendimento. O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado. O revólver calibre 38 empregado no confronto foi apreendido.

 

Crimes

Ainda de acordo com o major Max Almeida, Rogerinho tinha um rosário de crimes e sempre agia com extrema violência em suas ações. “Era considerado um bandido de alta periculosidade e sempre agia com violência extrema contra suas vítimas. Ele respondia por crimes como roubou, tráfico de drogas e era procurado recentemente por homicídio”, concluiu.

Disk Denúncia

Denúncias podem ser feitas ao Batalhão de Força Tática pelo número (96) 99157-3131. A informação e identidade do denunciante serão mantidas em absoluto sigilo. Pelo Disk Denúncia do BFT (Whatsapp) podem ser enviadas localização, fotos e vídeos de criminosos.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg
Texto: Elden Carlos

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *