Polícia

BTF prende suspeitos de roubo, tráfico e associação para o crime

Quatro pessoas foram presas pelo Batalhão de Força Tática (BFT) na manhã desta sexta-feira (31). Eles estão envolvidos no assalto a um mototaxista na noite de quinta-feira (30).

Compartilhe:

Homens do Batalhão de Força Tática (BFT) prenderam quatro pessoas no início da manhã desta sexta-feira (31) no bairro Jardim Marco Zero, zona sul de Macapá, suspeitos de envolvimento em um assalto ocorrido na noite de quinta-feira (30). Um mototaxista que pegou uma passageira por volta de 22h no bairro São Lázaro, zona norte, teve a motocicleta roubada ao deixá-la na Travessa G, no bairro do Muca.

 

Segundo a polícia, nesse local estavam Marcelo Silva Gama, de 18 anos, o ‘Marcelinho’, e Fabrício de Moraes Pantoja, de 18 anos, o ‘Chegadinho’, que havia deixado o Iapen há cerca de 40 dias onde cumpria pena por roubo. Na prisão, ele teve um dos dentes arrancados enquanto dormia na cela.

 

“Uma mulher (Rayssa) pegou essa motocicleta e pediu que o mototaxista a levasse ao Muca. Na verdade, era uma casinha. Os caras já estavam esperando. Eles tomaram o veículo e fugiram em seguida. Realizamos diligências desde o início da ocorrência. Nas primeiras horas da manhã de hoje localizamos o Chegadinho no bairro Jardim Marco Zero. Ele delatou os comparsas na hora”, declarou um dos policiais do BFT.

 

A polícia seguiu para outro endereço onde foi preso Marcelo Gama. Também foram presos Rodrigo Reis Trindade, de 23 anos, e a companheira dele, Josilene Pinheiro de Souza, de 23 anos.

Rodrigo, segundo a polícia, era responsável pelo aluguel de armas e tem envolvimento com o tráfico de drogas. Josilene também atua no mesmo ramo do amásio. Além disso, de acordo com os policiais, eles foram autuados por receptação de produtos roubados. Na residência do casal foi apreendida uma quantidade de drogas, além de televisores de procedência duvidosa.

 

Um homem que teve a tv levada na quinta-feira (30) foi ao Ciosp Pacoval onde reconheceu o produto furtado.

 

A polícia apura o suposto envolvimento de outras pessoas no crime. Eles foram apresentados no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval. As acusações são de roubo (Art.157), tráfico de drogas (Art.33), associação criminosa (Art.288) e receptação (Art.180).

 

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *