Polícia

Filho que esfaqueou o pai e matou a mãe, em 2006, é preso pela Capturas, em Macapá

Prisão de Saulo ‘Nenê’, de 37 anos, ocorreu na manhã desta terça-feira (11) no Centro de Macapá. Em 2006 ele matou a mãe a facadas e deixou o pai gravemente ferido no ataque.

Compartilhe:
Saulo também responde por outros crimes

Elden Carlos
Editor

Agentes da Divisão de Capturas da Polícia Civil do Amapá, prenderam no início da manhã desta terça-feira (11) o foragido de justiça Saulo de Souza Lobato, de 37 anos, o ‘Nenê’, que foi condenado a 45 anos e 8 meses de prisão pelo assassinato da própria mãe, Maria do Socorro Maciel de Souza, e pela tentativa de assassinato de seu pai, Amadeu Lobato, durante um ataque de fúria ocorrido na noite de 4 de junho de 2006 no bairro Marabaixo I, zona oeste de Macapá.

No mês passado ele teve a condenação transitada em julgado, mas, segundo a polícia, estava em situação de foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Após a expedição do mandado de prisão por sentença condenatória, os agentes da Capturas iniciaram o levantamento de informações e conseguiram a localização de Saulo Nenê.

Ele foi preso por volta de 6h da manhã em uma residência localizada na rua Hamilton Silva, Centro de Macapá. O condenado foi levado para sede da Capturas, no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval, onde sua prisão será comunicada ao judiciário. Após passar por exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) ele será transferido para o Iapen, onde cumprirá a pena.

O crime

Segundo denúncia ofertada no dia 20 de junho de 2006 pelo promotor de justiça Iaci Pelaes, do Ministério Público do Amapá, Saulo, então com 23 anos de idade, chegou em sua residência, na rua 9 do bairro Marabaixo I, zona oeste de Macapá, por volta de 20h30 do dia 4 de junho do mesmo ano, embriagado e altamente agressivo, passando a discutir e ameaçar sua esposa.

Diante do fato, e no sentido de tentar impedir que ele entrasse no quarto do casal, onde estava um bebê de 7 meses, filho de Saulo com a esposa, os pais dele decidiram intervir, no sentido de cessar às agressões contra sua companheira.

Narra ainda o promotor, com base no inquérito policial, que diante da ação dos genitores o criminoso se armou com uma faca e passou a desferir várias facadas contra seu pai, Amadeu Lobato, que ficou gravemente lesionado.

A mãe, Maria do Socorro Maciel de Souza, ao ver o marido ferido, tentou tomar a arma do filho, mas também acabou esfaqueada diversas vezes. A denúncia do Ministério Público ainda revela que Saulo golpeou a vítima até a faca quebrar dentro do corpo da genitora. Após os golpes de arma branca, passou a chutar sua mãe [já caída] até a morte.

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri denunciou Saulo ‘Nenê’ pelo crime de homicídio qualificado e tentativa de homicídio por motivo fútil, meio cruel e impossibilidade de defesa das vítimas. Ele foi julgado e condenado a 45 anos e 8 meses de prisão.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *