Polícia

Homem morto em confronto com o Bope havia cometido assalto

Suspeito morto havia cometido um assalto na madrugada no bairro Pacoval

Compartilhe:

A Polícia Militar (PM) confirmou que José Luiz dos Santos Cardoso, de 25 anos, morto na tarde de sábado, 21, durante confronto armado com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no bairro Perpétuo Socorro, zona leste de Macapá, estava envolvido em um assalto a uma residência na Avenida Alagoas, bairro Pacoval, onde uma aposentada e o filho dela foram espancados durante a madrugada.

José Luiz e os comparas fugiram do imóvel levando vários objetos. O serviço de inteligência da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) conseguiu localizar o local onde a suposta quadrilha que efetuou o roubo estava homiziada. A informação era de que havia armas de fogo e drogas na casa localizada no início da Rua Cândido Mendes, no Perpétuo Socorro.

Duas equipes da Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam), do Bope, foram deslocadas para o local. Quando os policiais invadiram o terreno, José abriu fogo contra as guarnições, mas foi alvejado no revide. Ele ainda foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Emergências de Macapá (HEM), mas morreu.

Outros dois homens e uma mulher não ofereceram resistência e foram presos. Um deles também estava armado, mas sem rendeu sem pegar a arma. Os suspeitos presos foram encaminhados ao Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval. As vítimas do assalto reconheceram todos eles como sendo as pessoas que invadiram a casa da aposentada.

Na casa onde a quadrilha estava reunida ainda foram encontrados os objetos do assalto e vários pacotes com drogas. O entorpecente foi localizado por um cão farejador do canil do Bope.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *