Polícia

Homem surta em escola, agride idoso e acaba alvejado pela vítima

Caso ocorreu na noite de quinta-feira (12) na Linha B da AP-440. Homem é aluno de uma escola estadual onde ele surtou após ter, supostamente, ter feito uso de entorpecente.

Compartilhe:

Um homem identificado como Ronaldo Ferreira Marques, de 24 anos, que é estudante da Escola Estadual Profª Helenise Walmira Dias dos Santos, localizada na Linha B da AP-440, foi alvejado com dois tiros de espingarda na noite de quinta-feira (12) após ter surtado dentro da escola. Ele teria tentado estuprar uma aluna e depois de ser flagrado tirou as roupas e correu nu.

Segundo o tenente PM Érico Costa, do Batalhão de Força Tática (BFT), Ronaldo pulou o muro de uma residência que fica ao lado da escola. “Nessa casa mora um senhor de 76 anos. Esse idoso ouviu os cachorros latirem e foi ver o que estava acontecendo. O ancião desceu do segundo pavimento da residência com uma espingarda que é devidamente registrada. Ele relatou ter deixado o armamento em cima da mesa da cozinha. Assim que saiu no quintal se deparou com o homem nu”, disse o tenente.

Ronando iniciou a agressão contra o idoso que, inclusive, foi atacado com uma cadeira. A vítima conseguiu retornar para dentro do imóvel e pegou a arma. “Ele ainda chegou a pedir para o agressor se render, mas o homem ignorou, momento em que a vítima efetuou os disparos nas pernas”, complementou.

Moradores da região acionaram a polícia e o resgate médico. Ronaldo e o ancião, que também ficou lesionado pelas agressões, foram levados ao Hospital de Emergências (HE). À polícia o estudante confessou ter feito uso de substância entorpecente, o que pode ter causado o surto. O delegado plantonista ouvir Ronaldo em depoimento e o liberou. Um inquérito foi instaurado para apurar o caso.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *