Polícia

Mãe de gêmeas é vítima de feminicídio no bairro Araxá

Jovem, de 21 anos, foi morta com cerca de dez facadas desferidas por seu ex-companheiro. Crime ocorreu na madrugada deste sábado (19). Matador está foragido.

Compartilhe:

Mãe de gêmeas de 4 anos de idade, Samira Gomes Mendes, de 21 anos, morreu às 6h30 da manhã deste sábado (19) no Hospital de Emergências(HE), de Macapá, para onde ela havia sido levada por familiares por volta 1h da madrugada após ter sido ferida por cerca de dez golpes de faca desferidos por seu ex-companheiro, Josiel de Souza Martins.

Segundo testemunhas, Josiel chegou de moto ao endereço da vítima, localizado na 7ª Avenida do bairro Araxá, zona sul da capital. Ele conseguiu entrar no imóvel e minutos depois os vizinhos começaram a ouvir os pedidos de ajuda da mãe da jovem.

Samira foi esfaqueada dentro do quarto. As filhas acordaram e presenciaram o crime. Josiel só parou o ataque depois que a lâmina da faca quebrou no corpo da vítima. Ele fugiu correndo e foi perseguido por moradores, mas escapou. A motocicleta deixada para trás pelo assassino foi incendiada.

Os médicos realizaram todos os procedimentos necessários, mas a mulher não resistiu. O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado.

Segundo a família de Samira, em 2017 o acusado foi condenado a quatro meses de prisão por lesão corporal e ameaça contra a jovem. A justiça chegou a emitir uma medida protetiva, mas a mulher acabou covardemente assassinada pelo criminoso.

A Polícia Militar (PM) realiza incursões para tentar localizar o matador e pede ajuda da população com denúncias. A Polícia Civil (PC) trata o caso como feminicídio.

 

Reportagem: Elden Carlos e Jair Zemberg

Fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




2 comentários em “Mãe de gêmeas é vítima de feminicídio no bairro Araxá”

  • Tereza Santos disse:

    Medida protetiva é balela! Esse covarde merecia prisão perpetua! fico indignada, revoltada com essas leis!! que seja feita a justiça aqui na terra, porque tenho certeza da justiça de DEUS!!

  • Priscila de oliveira tavares disse:

    Temos que da basta nisso ,muitas da vezes eles querem volta e sempre dizemos nao,pq estamos cansada de ser maltratada pelos nossos companheiros ,isso nao pode mas aconteçer que adianta ter uma medida protetiva ,que nao vai ajuda quando eles forem matar ,esse homem foi covarde pq matou a ex dele onde suas filhas presenciaram tudo ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *