Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Polícia

Mulher é presa com quase 5 kg de cocaína em Santana

Em menos de um mês e meio a segunda mulher é presa no Porto de Santana, transportando drogas, vindas de Santarém-PA.


Jair Zemberg

 

No início da madrugada desta sexta-feira (27), em mais uma ação do Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amapá (BA/PMAP), houve a prisão de Flávia Larissa Correia Santos, de 24 anos. A prisão aconteceu no Porto do Grego, área portuária de Santana, quando a mulher desembarcou de um navio vindo da cidade de Santarém, no estado do Pará.

Na ação desta madrugada, o BA contou com o apoio do cão farejador do canil do BOPE.

Os policiais receberam denúncia a respeito do carregamento de drogas que estava sendo transportado por uma mulher. De posse das informações, a respeito das características da denunciada, os policiais montaram campana desde as 23h na área portuária até o início da madrugada, quando o navio ancorou. Com a ajuda do cão farejador, logo a mala com a droga foi encontrada e Flávia Larissa identificada, ela estava com aproximadamente cinco quilos de cocaína.

A mulher foi presa e apresentada na delegacia de flagrantes em Santana. A nossa reportagem teve informações de que Flávia Larissa sempre era vista nas viagens vindas de Santarém para Santana, mas sempre revezava de navio, talvez para não chamar atenção das autoridades.

 

Outro caso

No último dia 15 de abril, outra mulher, também trazendo droga, foi presa pelo Batalhão Ambiental no Porto do Grego.

Gicilene Silva de Sousa, de 24 anos, foi presa com aproximadamente 4,5 quilos de skunk. “Os traficantes recrutam mulheres para serem a mula (expressão usada para quem transporta a droga), pensando que elas vão passar despercebidas por nossos policiais, mas estão redondamente enganados”, enfatizou o tenente-coronel Denis Fernandes, comandante do Batalhão Ambiental da Polícia Militar.


Comente