Polícia

Operação conjunta das polícias brasileira e francesa prende suspeito de homicídio

Anderson dos Santos deve ser submetido à audiência de custódia nesta quarta-feira. Caso a Justiça decida que ele deve responder pelo crime preso, será encaminhado ao Centro de Custódia de Oiapoque.

Compartilhe:

Um homem foi preso e outro acabou morrendo em confronto com a polícia na noite de segunda-feira, 8, na localidade de Vila Vitória, uma comunidade de garimpeiros no município de Oiapoque, na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa. Os dois são suspeitos de assassinar a facadas o enfermeiro Waldemir Pantoja Monteiro, 30 anos.

 

Uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar do Amapá (PM/AP), Gerdarmerie Francesa e Polícia Aérea e de Fronteira da França (PAF), que durou a noite toda, conseguiu localizar a dupla.

 

Um deles, Anderson Santos do Carmo, 20 anos, havia fugido para o lado francês da fronteira – atravessando à noite o Rio Oiapoque – mas acabou preso pela polícia francesa em território guianense. O outro, Rogel dos Santos Marques, foi localizado em um sítio ao longo do Ramal de Vila Vitória e recebeu a equipe policial a tiros. Uma equipe do 12º Batalhão da Polícia Militar, que participava da busca aos criminosos, revidou ao ataque e atingiu o suspeito, que foi socorrido e levado ao Hospital de Emergência de Oiapoque, mas não resistiu aos ferimentos.

 

O enfermeiro Waldemir Pantoja Monteiro foi atacado a facadas pelos dois criminosos quando passava pelo Ramal de Vila Vitória, por volta de 21h de segunda-feira, 8. Uma testemunha avisou a polícia de Oiapoque que, imediatamente, iniciou as buscas aos dois suspeitos.

 

Anderson dos Santos deve ser submetido à audiência de custódia nesta quarta-feira. Caso a Justiça decida que ele deve responder pelo crime preso, será encaminhado ao Centro de Custódia de Oiapoque.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *