Polícia

Operação Cronos prende doze pessoas no Amapá

Operação do Ministério da Segurança Pública foi deflagrada pela Polícia Civil de todo o país. Maioria dos mandados de prisão era por feminicídio e outros crimes contra a mulher.

Compartilhe:

Doze pessoas foram presas no Amapá na manhã desta sexta-feira (24) durante a Operação Cronos, deflagrada em todos os estados pela Polícia Civil. A operação foi coordenada pelo Ministério da Segurança Pública, e visava dar cumprimento a mandados de prisão, principalmente, por crimes de feminicídio e violência doméstica.

 

“No Amapá, nós cumprimos 4 mandados de prisão por homicídio, 1 por latrocínio e os outros 7 estão relacionados a crimes contra às mulheres. Saímos cedo às ruas e conseguimos localizar os alvos da operação. É bom frisar que dos 12 mandados iniciais, dez foram cumpridos. Porém, no curso da operação, nos foram enviados mais dois mandados que acabaram sendo executados”, disse o delegado Fábio Araújo, coordenador do Departamento de Polícia Especializada (DPE).

Os alvos da operação foram localizados em bairros distintos da capital. Não houve nenhum registro de reação ou tentativa de fuga do cerco policial. Todos os presos foram levados para o Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval. Após serem ouvidos e terem as prisões comunicadas à justiça, os elementos passariam por exame de corpo delito na Politec e seriam transferidos para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Participaram da operação a Divisão de Capturas, Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe), Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (Deccp), Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) e Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (Deccm).

 

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *