Polícia

PC apreende drogas e armas na casa de homem investigado por homicídio

Executor está foragido. Na casa dele a polícia apreendeu drogas e armas que estavam com um suposto comparsa que foi preso em flagrante. Polícia procura pelo acusado de assassinato.

Compartilhe:

O delegado César Ávila, da Delegacia Especializada em Crimes Contra Pessoa (Decipe), apreendeu nesta quarta-feira (22), no bairro Jardim Marco Zero, zona sul de Macapá, uma pistola calibre 380 – com numeração suprimida – e uma espingarda calibre 12. O armamento estava em uma residência localizada na Avenida Estrela.


Segundo o delegado, a pistola estava na cintura de um homem que dormia no interior do imóvel no momento da abordagem. Alem das armas a polícia ainda apreendeu drogas e apetrechos para embalar o entorpecente.
“Fomos ao local cumprir um mandado de busca e apreensão e outro de prisão contra uma pessoa que é investigada por homicídio. O alvo dos mandados não estava na residência, mas prendemos esse homem em flagrante com a arma na cintura”, disse o delegado.


O alvo dos mandados não teve o nome e nem foto divulgados em face da Lei de Abuso de Autoridade (nº 13.869). O delegado lembrou que o investigado havia sido preso em outubro do ano passado, por porte ilegal de arma de fogo, durante uma barreira da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no quilômetro 8 da BR-210, trecho urbano da capital.

Ele deixou a cadeia depois que a justiça determinou que o envolvido respondesse ao processo em liberdade assistida, por meio de tornozeleira eletrônica. Durante a ação desta quarta-feira, os policiais descobriram que ele havia rompido o equipamento eletrônico.

O investigado é acusado de ter assassinado com um tiro na cabeça Rubson da Silva Trindade, de 34 anos. O crime ocorreu no dia 8 de setembro do ano passado em um bar localizado na Rodovia JK, bairro Pedrinhas, zona sul da capital.

“Já identificamos o autor do crime e agora será uma questão de tempo prendê-lo”, concluiu o delegado. O homem preso com a arma e drogas na residência será encaminhado para audiência de custódia.
Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *