Polícia

Polícia identifica sexagenário que atacou honra e imagem de pessoas na internet

Homem, de 65 anos, foi indiciado por calúnia, difamação e injúria. Ele foi identificado pela Polícia Civil do Amapá depois que o delegado Leandro Leite pediu apoio ao Facebook e à Microsoft.

Compartilhe:

Elden Carlos – Editor

O delegado Leandro Leite, da 6ª Delegacia de Polícia Civil de Macapá, indiciou um idoso de 65 anos de idade pelos crimes de calúnia, difamação e injúria. O sexagenário utiliza uma plataforma digital para atacar pessoas de vários níveis sociais. Ele se apresentava nas redes sociais com o perfil falso de uma mulher.

Para dificultar as investigações, o homem – que não teve o nome divulgado – ainda criou vários e-mails para confundir uma possível investigação. Segundo o delegado Leandro, as postagens do investigado eram sempre no sentido de atacar a honra e a imagem das vítimas.

Após a queixa-crime de várias vítimas na delegacia, o presidente do inquérito decidiu recorrer ao Facebook e a empresa Microsoft para rastrear o caminho percorrido pelo usuário e identificar o verdadeiro autor das postagens.

Após quatro meses de investigação, Leandro Leite conseguiu o relatório que indicava a localização de onde a conta era operada e as mensagens postadas. “Ele [idoso] foi identificado, intimado e diante das provas existentes confessou o crime na delegacia. Vamos aprofundar as investigações para poder concluir o inquérito e remeter ao Ministério Público”, disse o delegado.

O sexagenário não teve o nome divulgado pela Polícia Civil em observância à Lei Federal nº 13.869 de 05 de Setembro de 2019 (Lei de Abuso de Autoridade). O homem vai responder ao processo em liberdade.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *