Polícia

Policial militar é alvejado por bandido ao impedir assalto no bairro Congós

Bandido também foi alvejado e está preso. Militar recebeu 3 tiros, submeteu-se a cirurgia de emergência se encontra internado no Hospital de Emergências.

Compartilhe:

O soldado da Polícia Militar (PM) Hemerson Luís Maciel Paes, de 37 anos, lotado no 6º Batalhão da PM do bairro Perpétuo Socorro foi alvejado com 3 tiros no final da manhã desse sábado, no bairro Congós. De acordo com informações da equipe do Batalhão de Força Tática que atendeu a ocorrência, o crime aconteceu por volta das 23h27 na esquina da 7ª Avenida com a Rua Claudomiro de Morais.

A reportagem do Diário do Amapá apurou que o soldado estava passando em frente a um estabelecimento comercial e avistou um homem com uma arma em punho assaltando uma vendedora do Amapá Cap. “Ele estava a paisana, pois estava de folga e ao perceber o assalto de imediato deu voz de prisão, mas o bandido disparou vários tiros contra ele”, que reagiu, e mesmo ferido, ainda conseguiu dar um tiro no indivíduo, contou a testemunha.

Fontes da PM disseram que o policial, que foi atingido no abdômen, ombro e virilha, foi levado em estado muito grave ao Hospital de Emergências (HE), onde foi submetido a uma cirurgia e a reportagem apurou no final da tarde deste domingo que o estado dele é estável, mas apresenta dificuldade para falar.

O bandido, identificado como Jhordam  Franklin Melo da Silva, de 24 anos, também foi levado ao HE, onde recebeu cuidados médicos e em seguida conduzido ao Ciosp, onde foi autuado em flagrante delito por roubo majorado duplamente qualificado.

Policiais militares continuam em diligências para localizar o indivíduo conhecido pela alcunha de ‘Branco’, que segundo Jhordam, participou com ele da ação criminosa. O crime será apurado pela Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Decipe).

Reportagem: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos: