Polícia

Preso que saiu temporariamente da cadeia é morto no Lago da Vaca

Vítima saiu por meio de licença temporária para as festas de final de ano e deveria voltar para o Iapen nesta quinta-feira (3).

Compartilhe:

O detento Jhoni Oliveira da Silva, de 23 anos, foi assassinado com pelo menos três tiros no final da tarde desta quarta-feira (3) no Lago da Vaca, zona norte de Macapá, por um homem que dirigia um carro de cor prata. Segundo testemunhas, a vítima estava em frente a um mercantil quando foi alvejada.

Jhoni havia recebido licença temporária para deixar a cadeia durante as festas de final de ano, e deveria retornar ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) nesta quinta-feira (4) para cumprir o restante da pena pelo crime de homicídio (Art.121). A polícia acredita em possível acerto de contas.

“Ao que tudo indica o atirador já vinha monitorando a vítima e aguardava a melhor oportunidade para agir. Testemunhas afirmaram que havia apenas o motorista no carro. ele encostou próximo ao alvo e efetuou os disparos. O Samu ainda foi acionado, mas o homem já estava morto”, disse o tenente Amorim, do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM).

A polícia fez buscas na região, mas não localizou o veículo. O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML)| da Polícia Técnico Científica (Politec) para ser necropsiado. Até o fechamento desta matéria o suspeito de atirar e matar o presidiário não havia sido preso.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos: