Polícia

Professora é presa suspeita de envolvimento em assaltos

A professora Edna Maria Ferreira da Costa, de 39 anos, recebeu voz de prisão ao comparecer à 1ª Delegacia de Polícia de Santana para prestar depoimento sobre suspeitas da participação dela em uma série de assaltos naquele município.

Compartilhe:

A prisão foi decretada pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Santana, atendendo ao pedido da delegada Luiza Maia, presidente do inquérito.

De acordo com a delegada, a professora era quem dava apoio logístico a Waurio Costa Lima, 30 anos, que seria o executor dos crimes, e que é considerado foragido pela polícia santanense.

“Chegamos até ela por meio das investigações. Eles agiam em frente às escolas onde alunos eram os alvos principais. Conseguimos chegar até um receptador após rastrear um dos aparelhos. Foi a partir dessa pessoa que chegamos ao nome da professora que anteriormente já havia sido ouvida em depoimento, mas que negou. Agora temos as provas cabais que culminaram com o pedido de prisão que foi decretado pela Justiça”, disse a delegada.

Luiza Maia afirmou ainda que durante depoimento a professora confessou participação em 1 dos 8 assaltos investigados. “Ela disse ter participado de apenas um assalto, mas as testemunhas dos outros crimes fizeram o reconhecimento da mesma, contradizendo a negativa de autoria. Existe ainda a suspeita de que essa professora esteja envolvida com o tráfico de drogas”, concluiu a delegada.

Edna Maria foi transferida para o presídio feminino às 11h da manhã de ontem, logo após passar por exame de corpo delito na Politec. A professora estaria lotada na escola Everaldo Vasconcelos, em Santana, por meio de contrato administrativo. O professor Aroldo Rabelo, presidente do Sinsepeap, foi contatado por telefone, e disse estar levantando as informações para poder se posicionar em nome do sindicato. O vídeo onde a delegada dá voz de prisão à Edna Maria foi divulgado nesta segunda-feira.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *