Polícia

Sequestrador morre em confronto com policiais do 6º BPM

Jheymysson ‘Gegê’, de 29 anos, respondia por crimes como tráfico de drogas, furto, roubo e sequestro. Ele estava foragido da justiça e era considerado um criminoso de alta periculosidade.

Compartilhe:

Dono de uma extensa ficha criminal, Jheymysson Willian Pereira Ribeiro, de 29 anos, o ‘Gegê’, foi morto no final da madrugada deste sábado (28) durante confronto com policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) em uma residência localizada na Avenida José Gomes Bezerra, bairro Nova Esperança, zona oeste da capital. O Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes) registrou a ocorrência às 5h41.

Segundo o tenente PM Adervan, a equipe estava em patrulhamento pela região quando recebeu uma denúncia de disparos de arma de fogo. “Ele estava efetuando disparos na rua e hostilizando os moradores. Um cidadão ligou efetuando a denúncia. Desembarcamos antes do imóvel, mas ele acabou avistando nossa chegada e correu para os fundos da residência, já investindo contra a guarnição. Entramos na casa onde ele acabou alvejado no revide”, disse o tenente.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito no local. Com o criminoso foi apreendido um revólver com três munições intactas e duas deflagradas. O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado.

Ainda de acordo com a polícia, Gegê estava foragido da justiça e tinha vários processos por crimes como tráfico de drogas, roubo, furto e até mesmo sequestro. “Era um criminoso de alta periculosidade”, definiu o tenente. O caso foi registrado no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *