Polícia

Traficante que monitorava frequência da polícia é transferido para o Iapen

Juiz transformou em preventiva a prisão em flagrante do traficante que já teve passagem por tentativa de homicídio, roubo e extorsão.

Compartilhe:

O juiz Rogério Bueno Funfas, do Núcleo de Garantias da Comarca de Macapá, transformou em preventiva a prisão em flagrante de Raimundo Rodrigues Farias, de 36 anos, o ‘Peixe Seco’, que foi preso no último domingo (10) com várias porções de maconha, um binóculo infravermelho e um rádio transmissor que operava na frequência da polícia.

 

Peixe Seco foi preso em uma casa localizada na rua Ariosvaldo Coelho Caxias, bairro Cidade Nova, zona leste da capital. Um comparsa que estava com ele no imóvel conseguiu fugir durante o cerco. Considerado foragido pela justiça, e respondendo por crimes como tráfico de drogas, roubo, extorsão e tentativa de homicídio Rodrigues vinha realizando um comércio intenso de drogas na região, segundo a polícia.

 

“Ele operava um HT [rádio transmissor] que estava na frequência da polícia, e, com isso, acabava acompanhando a movimentação das equipes, fugindo sempre que um cerco era montado. Durante a prisão ele estava assistindo ao jogo da seleção brasileira”, declarou um dos policiais.

 

Peixe Seco foi encaminhado para o Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval. Após passar por exame de corpo delito o criminoso foi transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

 
Compartilhe:

Tópicos: