Política Nacional

Excesso de oferta limita recuperação do preço do petróleo em 2016

Média de preços do petróleo Brent está prevista em US$ 52,52 por barril

Compartilhe:

Os preços do petróleo não deverão ter alta acentuada em 2016, uma vez que o fraco crescimento da demanda será incapaz de absorver a crescente oferta de países como Irã e Iraque, mesmo com a produção de fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sendo projetada em níveis moderados, mostrou uma pesquisa da Reuters nesta segunda-feira (4).

A média de preços do petróleo Brent, referência para o mercado global, está prevista em US$ 52,52 por barril este ano, US$ 5,43 abaixo da estimativa anterior, segundo a pesquisa com 20 analistas. Esta é a sétima pesquisa mensal consecutiva da Reuters em que os analistas reduzem suas estimativas de preços.

Em maio, as previsões chegaram a apontar o Brent com média de 70,90 dólares por barril em 2016, mas as projeções vêm sendo reduzidas desde então.

Os preços têm ficado perto de mínimas de 11 anos, após tocarem no fim de dezembro o menor valor desde meados de 2004, com a produção global quase recorde apontando para crescente excesso de oferta. “Mesmo se a produção de fora da Opep (EUA, Brasil e Canadá) cair em 0,6 milhão a 0,8 milhão de barris por dia em 2016, uma alta na produção do Irã e do Iraque continuará mantendo o mercado em situação de excesso de oferta em 2016”, disse o diretor da Crisil Research, Rahul Prithiani.

Analistas projetaram os preços do petróleo norte-americano em média de 49,75 dólares por barril em 2016, ante previsão de 53,73 dólares em novembro.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *