Política Nacional

‘Me sinto indignado com o que estão fazendo com o país’, diz Lula

Para ele, processo de impeachment de Dilma é ‘leviandade’.

Compartilhe:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o pedido de impeachment contra a presidente Dilma é “um gesto de insanidade” e que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), “tomou a decisão de não se preocupar com o país” ao dar início ao processo que pode culminar no afastamento da presidente.

“Eu me sinto indignado com o que estão fazendo com o país. A presidenta fazendo um esforço incomensurável para que a gente aprove os ajustes que têm que ser aprovados nesse país, para ver se a gente consegue recuperar a economia e fazer a economia crescer, e tem muitos deputados querendo contribuir, mas o presidente da Câmara me parece que tomou a decisão de não se preocupar com o Brasil”, disse Lula.

Prioridade de Cunha
De acordo com o ex-presidente, Cunha está pensando apenas nele: “Me parece que a prioridade dele é se preocupar com ele, quando esse país de 210 milhões de habitantes é mais importante do que qualquer um de nós individualmente”.

“Parecia que o país estava andando pra normalidade. No dia que a presidenta consegue aprovar, novas bases para o orçamento de 2015, o que a gente percebe é que ela recebe como prêmio, um gesto de insanidade com o pedido do impeachment dela”, acrescentou.

“Subordinar um país inteiro, subordinar os interesses de mulheres, homens, brancos, negros, crianças nesse país a uma visão corporativa, pessoal, de vingança. Eu quero crer que não seja verdade, quero crer que não seja verdade. Porque, se isso for verdade, é muita leviandade”, disse o ex-presidente.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *