Política

Bloco de oposição ainda não definiu nome de líder na AL

Em primeiro mandato, Ericláudio Alencar lidera a base do governo, composta por 20 dos 24 deputados 


Compartilhe:

 

A oposição ao governo do estado na Assembleia Legislativa (AL), composta por quatro nomes, dois do Psol e dois do PSB, ainda não definiu o líder no parlamento. Uma reunião entre os quatro deputados oposicionistas vai definir o nome do líder do bloco partidário, mas a data ainda não foi definida. A reportagem tentou entrar em contato com os quatro deputados, mas não obteve êxito.

O deputado estadual Ericláudio Alencar (PRB) foi escolhido pelo governador Waldez Góes (PDT) como líder do Executivo. Responsável por orientar a discussão e a votação de propostas do governo, Ericláudio tem ao lado na base aliada 20 dos 24 parlamentares. Durante apreciação dos projetos de lei, cabe ao líder expressar a opinião do governo.

Compõem o bloco parlamentar de oposição a deputada Cristina Almeida e Max da AABB, ambos do PSB; e Paulo Lemos e Fabrício Furlan, os dois do Psol. Cristina Almeida (foto) foi a última líder de governo antes de Ericláudio. Ela representou o ex governador Camilo Capiberibe, do PSB, no parlamento estadual. A oposição nos últimos quatro anos teve como líder o ex deputado Edinho Duarte (PP).

De acordo com o artigo 72 do Regimento Interno da AL, o governador indica por meio de mensagem a própria liderança do executivo, que também tem o papel de articular politicamente o encaminhamento das proposições do governo ao plenário da Casa. O documento com o nome de Ericláudio Alencar já foi protocolado, estando, portanto, já está investido na função de líder.

Ao contrário de Camilo, que governou o estado com maioria oposicionista na AL, o atual governador Waldez Góes passou a governar o Amapá com ampla maioria. Na base do governo, o PRB possui a maior bancada, com quatro deputados: Pastor Oliveira, Ericlaudio Alencar, Jory Oeiras e Jaime Perez. PMDB, PROS, PSDB, PSC, PTB e PDT têrm dois parlamentares cada. DEM, PHS, PSDC e PT do B possuem, cada, um parlamentar.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *