Política

Estado reforça parceria do programa Criança Alfabetizada com municípios em fórum

Todos os prefeitos presentes no fórum assinaram o termo de adesão ao programa, nesta terça-feira (12).

Compartilhe:
A Secretaria de Estado da Educação (Seed) apresentou o programa Criança Alfabetizada (PCA) aos prefeitos dos 16 municípios do Amapá presentes no Fórum Governo e Prefeituras juntos por um Estado Forte, realizado nesta terça-feira (12), no Palácio do Setentrião, em Macapá.

Na ocasião, foram explanados os pontos que levaram à criação dessa política educacional, além de todos os trabalhos já realizados com professores e estudantes.

“Não tratamos de uma política de governo, mas de Estado. Esse programa carrega uma importância muito grande e apresentá-lo aos prefeitos e seus respectivos secretários nos mostra o quanto eles estão interessados em melhorar a educação”, comentou Goreth Sousa, secretária de Educação.

O governador Waldez Góes destacou que o programa trabalha a fluência em português e matemática do aluno do 1° e 2° ano para que apresente excelente resultados na Escola de Tempo Integral. Dos 16 municípios, apenas sete ainda não possuem este modelo.

“Estamos trabalhando há três anos esse programa em parceria com os municípios e requer muito planejamento e, no fórum, vamos atualizar as informações do Regimento de Colaboração na Educação”, destacou.

O programa existe desde 2019 e já conta com a adesão de 15 dos 16 os municípios. Todos os prefeitos presentes no fórum assinaram o termo de adesão ao PCA.

“É um importante programa do Estado que o município de Macapá, por possuir grande parte da população, deve aderir. Portanto, repassei ao secretário de educação para que dê engajamento a esse programa”, afirmou Antônio Furlan, prefeito de Macapá.

Para o prefeito Bala Rocha, gestor do segundo município mais populoso do estado, além de fomentar o programa, pretende tornar Santana referência em educação.

“É um passo importante e fundamental para colocarmos todas as crianças nas escolas e alfabetizá-las na idade certa. Para que as crianças aprendam a ler e a escrever, e Santana pretende ser referência em educação”, pontuou Bala Rocha, prefeito de Santana.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *