Política

Representantes de partidos recebem orientação do TRE sobre processo eleitoral de 2018

O secretário judiciário do TRE-AP, Orlando Júnior, também orientou os presentes, destacando a importância das comunicações entre a Justiça Eleitoral e os partidos, com ênfase no novo modelo a ser utilizado pela JE – totalmente online.

Compartilhe:

Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) reuniu com representantes e advogados de siglas partidárias com representação no estado do Amapá para discutir o processo eleitoral de 2018.

O servidor Raimundo Fonseca fez uma ampla explicação sobre o processo eleitoral, assim como esclareceu dúvidas relacionadas às mudanças na legislação eleitoral – com foco na realização de convenções e pedidos de candidatura. Ele também chamou a atenção dos representantes para que façam a conferência do CNPJ na Receita Federal, para evitar qualquer incompatibilidade na hora do registro. O número de siglas partidárias com anotações suspensas também foi tratado na palestra.

O secretário judiciário do TRE-AP, Orlando Júnior, também orientou os presentes, destacando a importância das comunicações entre a Justiça Eleitoral e os partidos, com ênfase no novo modelo a ser utilizado pela JE – totalmente online. Daí a necessidade de treinamento de membros tanto do TRE, quanto dos representantes de partidos. “Nos dias 23, 24 e 25 a secretaria vai fazer o treinamento externo, para pessoas indicadas pelos partidos políticos que vão operar o sistema no modo externo que é chamado de Candex”, explica.

Eleições 2018
Nas eleições 2018, há novidades em relação ao sistema Candex: por meio dele, os candidatos poderão enviar dados biográficos (foto, nome, número que usará na disputa do pleito, etc.). Cada candidato(a) terá um processo eletrônico específico no sistema, que também servirá para o envio das atas de convenção partidária.

Sistema
O Sistema de Candidaturas (Cand) com o Processo Judicial eletrônico (PJe), vai viabilizar a primeira eleição com o processo de registro de candidaturas totalmente eletrônico.

Existem dois módulos: o Cand interno que é o manipulado pelos servidores, e o Candex que é o operado pelos representantes de partidos.

 
Compartilhe:

Tópicos: