Última Hora

Homem é morto à bala no Perpétuo Socorro

Vítima de 35 anos de idade nunca teve passagem pela polícia e era pessoa benquista pela comunidade

Compartilhe:

Um homem identificado como Raimundo Vilhena Júnior, de 35 anos, foi assassinado à bala na noite de quinta-feira, 17, na calçada de um imóvel localizado na rua Rio Purus, bairro Perpétuo Socorro, zona leste de Macapá. A polícia ainda não tem pistas do atirador nem dos comparsas que estavam com ele.

Júnior conversava com um grupo de amigos quando um carro se aproximou por volta das 22h30. O suspeito desceu do veículo perguntando quem era o Júnior. “Ele [Júnior] disse ao bandido que era ele. Foi quando o cara sacou a arma e atirou, mas o revólver falhou. O Júnior correu, mas o criminoso atirou novamente, dessa vez acertando as costas do meu amigo”, disse uma das testemunhas no local.

Quando a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou ao local, o homem já estava morto. O corpo foi removido para o Departamento Médico Legal (DML) da Polícia Técnico Científica (Politec), onde passou por necropsia.

A motivação para o crime ainda é uma incógnita para a polícia. “Esse rapaz nunca se envolveu em qualquer confusão aqui no bairro, muito pelo contrário, sempre foi muito benquisto por todo mundo. Não sabemos realmente porque fizeram isso com ele”, disse um vizinho da vítima.

Até o fim da manhã desta sexta-feira, 18, a polícia não tinha pistas dos suspeitos de envolvimento no crime. O caso deverá ser apurado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe).

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *