Última Hora

Nova Escola Gonçalves Dias vai atender quase dois mil alunos

Escola foi criada no dia 31 de março de 1973 

Compartilhe:

Os alunos, professores, serventes e merendeiras foram os grandes anfitriões da festa de inauguração da Escola Estadual Gonçalves Dias nesta segunda-feira, 21. Uma tarde que, no dizer da secretária Conceição Medeiros, “marcará uma nova etapa na vida de estudantes”, citando Jeanderson Rodrigues, 14 anos, ao revelar ser na educação a base para formação de um grande cidadão.

“Tenho orgulho de ser brasileiro, amapaense e fazer parte dessa história. Minha escola se torna a partir de agora um modelo de estrutura educacional. Agradeço por acreditarem em nós e investirem no nosso futuro”, disse Rodrigues.

“É um compromisso selado lá atrás, ainda em 2009, no segundo mandato de Waldez Góes. Foi em cima de um banco improvisado que ele prometeu à comunidade do bairro Buritizal e ao corpo docente, que daquele prédio antigo restaria apenas o terreno, e que lá seria construída a nova Escola Gonçalves Dias”, lembra a secretária Conceição Medeiros.

Em 2015, de volta ao governo, Waldez determinou que a escola deveria ser entregue. Um ano depois, o aluno Janderson e os outros 1.800 estudantes ganharam um ambiente moderno, com tecnologia e infraestrutura padronizada.

“Quis Deus e o povo que eu voltasse ao governo e pra mim é um sentimento de dever cumprido entregar essa escola para os moradores do bairro Buritizal. O olhar de satisfação de cada aluno, pai, mãe e corpo docente é recompensador”, falou Waldez.

Tia Cila Trindade (como é carinhosamente chamada) representou os mais de 25 mil moradores do bairro. Foi professora da escola por décadas e acompanhou passo a passo a obra do prédio que se tornaria a segunda casa dos netos, vizinhos e comunidade.
“Conheci do engenheiro ao pedreiro. Ver essa escola erguida é ter a certeza que o estado caminha na direção certa”, testemunha Tia Cila.

Em pronunciamento, a deputada Marília Góes lembrou que a comunidade ganha uma nova escola, mas com benefícios extensivos também a trabalhadores, que voltam aos seus postos de trabalho.

“O respeito é um compromisso dessa gestão. Investir na educação e tratar bem quem serve ela. Por isso, trabalhamos incansavelmente para reverter a demissão dos quase 3 mil trabalhadores da UDE, que hoje podem trabalhar em um espaço como esse”, compartilhou.

O espaço amplo da Escola Gonçalves Dias que será utilizado na educação dos estudantes, também incentivará a prática do esporte e a disseminação da cultura, por meio da música. Habilidade demonstrada pelos alunos nas apresentações da Banda Fanfarra e daqueles que integram o Projeto Música na Escola.

Na grade escolar os alunos agora terão as aulas de inglês, francês e libras. A escola que atendia 350 alunos do Ensino Fundamental da 4ª a 8ª séries, agora passa a atender até 1.800, com inclusão de uma turma do 1º ano do Ensino Médio. Um prédio com três pavimentos, 16 salas de aula refrigeradas, quadra esportiva, auditório, laboratório de informática, salas do setor administrativo, cantina e área de recreação, além de pátio coberto, praça com bancos e um jardim ao redor.

A obra custou cerca de R$ 5,6 milhões de reais aos cofres públicos. Para concluir a edificação, o Governo do Estado incluiu a construção da escola no Plano de Investimento em Infraestrutura, lançado em setembro do ano passado e executou mais de 90% da obra.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *