Notícias

TV Diário – Mês Nacional do Júri fecha com mais de 60 processos julgados

A programação do Mês Nacional do Júri encerrou em Macapá nesta quinta-feira (29) e os números alcançados foram satisfatórios. Só no mês de novembro foram realizados 64, dos 76 julgamentos previstos.

 

De acordo com balanço divulgado antes dos julgamentos desta quinta-feira, foram 36 condenações, 16 absolvições e 6 desclassificações nas sessões do Tribunal do Júri em todo o estado.

 

“A rapidez nos julgamentos dos crimes dolosos contra a vida, além de diminuir a sensação de impunidade, aumenta sobremaneira a credibilidade da Justiça. Essa agilidade garante ao acusado ser julgado de maneira célere e sem preju&iac ute;zo das garantias constitucionais que lhe são asseguradas” destacou o coordenador da programação do Mês Nacional do Júri, desembargador João Lages.

 

Dos processos agendados para julgamento no Mês Nacional do Júri, no Amapá, 31 estavam concentrados na Comarca da capital, Macapá. A segunda maior Comarca, Santana, indicou 13 processos para julgamento; Oiapoque, oito processos; Laranjal do Jari e Tartarugalzinho, seis processos cada; Porto Grande, três processos; Calçoene e Vitória do Jari, um processo cada.

 

O titular da Vara do Tribunal do Júri da comarca de Macapá, juiz Luiz Nazareno Borges Hausseler, ressaltou a importância de cada ator envolvido no tribunal do júri: “jurados, MP-AP, advogados e Defensoria Pública atuaram com muita responsabilidade e sabedoria nos julgamentos, todos muito comprometidos com o cumprimento de seu papel no Júri”, concluiu.

Compartilhe: