Cidades

CEA começa trabalho de recuperação da iluminação pública

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), por meio da diretoria de Operação (DOP)


Compartilhe:

 

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), por meio da diretoria de Operação (DOP), iniciou uma frente de trabalho para recuperar os pontos da iluminação pública de Macapá. Inicialmente, os trabalhos começaram pelo centro da cidade, mas abrangerá todos os bairros da capital, incluindo praças e logradouros públicos.

A CEA está investindo mais de R$ 4 milhões na recuperação da iluminação pública em todo o Estado.Para executar o serviço, a Companhia de Eletricidade contratou uma empresa especializada em manutenção de rede de distribuição de iluminação pública.
Seguindo determinação da Resolução nº 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que confere a responsabilidade da iluminação pública aos municípios, a Companhia de Eletricidade está promovendo as medidas administrativas necessárias para conclusão desse processo de transferência, e está assinando acordos com as prefeituras, por meio dos quais assume o compromisso de realizar a manutenção do sistema de iluminação, mesmo após a assinatura dos termos.

Além da capital, a frente de trabalho vem atuando também na recuperação da iluminação pública dos municípios de Santana, Laranjal do Jari, Tartarugalzinho e Itaubal. Nos demais municípios a execução do serviço depende de entendimentos entre a Companhia de Eletricidade e as prefeituras, cujos processos estão em andamento.

A CEA pretende regularizar o serviço de iluminação em todos os municípios para que eles o recebam dentro da qualidade que se exige. De acordo com a diretoria da empresa, pode ser que esse serviço continue sendo feito pela Companhia de Eletricidade, mas isso vai depender de negociações com as próprias prefeituras.

Os atos de vandalismo ainda lideram a lista de causadores de dificuldades na iluminação pública. Eles geram problemas que vão desde a quebra das lâmpadas até o roubo de fios e outros equipamentos, comprometendo todo o sistema de iluminação. Essas situações são mais comuns nas praças.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *