Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Cidades

Governo coordena ações de assistência humanitária após enchente em Pedra Branca

Afetados somam 281 pessoas, segundo levantamento da Sims e Defesa Civil do Estado.


O Governo do Amapá coordena as ações de assistência humanitária para mais de 80 famílias que foram afetadas pela cheia do rio Amapari na noite desta quarta-feira, 12.

Após as fortes chuvas registradas na região, os bairros Reviver, Centro e Balneário foram atingidos pelo aumento no nível do rio. De acordo com o levantamento da Secretaria Municipal de Inclusão e Mobilização Social (Sims) e da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado (Cedec), os afetados pelo sinistro somam 281 pessoas.

Segundo o mesmo relatório, das 83 famílias atingidas, 29 estão desalojadas – fora do domicílio, mas abrigadas em casas de familiares ou amigos – e três famílias estão desabrigadas. Outras 51 famílias afetadas pela cheia permaneceram em suas casas.

“O leito do rio chegou a subir 1,60m na noite de quarta-feira e, de acordo com o nosso monitoramento, a água já começou a baixar e retorna aos níveis normais. Ainda assim, seguimos com o monitoramento meteorológico e situacional dessas famílias”, detalhou o coordenador da Cedec, coronel Wagner Coelho.

De acordo com a secretária da Sims, Albanize Colares, com a situação já sob controle, as equipes estão engajadas em garantir recursos básicos à população do município atingida pelo sinistro.

“Neste primeiro momento estamos encaminhando mais de 900 litros de água potável e 100 cestas básicas para garantir a segurança alimentar das famílias. Além disso, as equipes da assistência social do Estado seguirão monitorando outros impactos e acompanhando essas famílias”, ressaltou.


Comente