Cidades

Justiça faz balanço de audiências após término de campanha

Justiça e Paz em Casa


Compartilhe:

 

Com o término da Campanha Justiça e Paz em Casa, que ocorreu no período de 9 a 13, as Unidades Judiciárias que aderiram à ação fizeram um balanço final das atividades realizadas em prol do trabalho de combate à violência praticada contra a mulher.

Das 60 audiências agendadas para ocorrer no Juizado de Violência Doméstica Contra a Mulher da Comarca de Macapá, 55 foram realizadas e apenas cinco não puderam ser consumadas por conta da ausência das partes envolvidas em processos.

Segundo o ­­, titular da jurisdição, não houve registros graves de violação à liberdade sexual de vítimas. Com isso, o magistrado disse que obteve um aval positivo da Campanha Justiça e Paz em Casa, onde ele ressaltou a importância da mudança de foco da ação, que deixou de centralizar o problema (violência) para dar mais ênfase para as soluções.

Já a 2ª Vara Criminal de Macapá, que atendeu a solicitação e ao convite do então Presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Carmo Antônio de Souza, implementou em sua pauta de audiências um número de sete processos em que a mulher figura como vítima de violência comum. Mesmo o juízo não tendo competência específica para analisar casos de violência doméstica, a adesão à campanha envolveu toda a equipe.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *