Cidades

Ouvinte denuncia fumo de maconha em canetas eletrônicas no Amapá

Dispositivo estaria sendo vendido livremente no comércio local, e bastante usado nos banheiros dos shoppings por jovens.

Compartilhe:

Douglas Lima

Da Redação

 

O ouvinte Sérgio Costa denunciou ao vivo, no programa LuizMeloEntrevista (Diário 90,9) desta terça-feira, 8, que canetas eletrônicas com essência de maconha estão sendo vendidas livremente no comércio de Macapá.

Sérgio, inclusive, apresentou na bancada do programa um exemplar da caneta que ele disse ter adquirido num estabelecimento comercial no centro da cidade ao valor de R$ 35. O objetivo da compra foi, para além de denunciar, mostrar que se pode fazer a compra indiscriminada do objeto.

“Menores estão usando isso, hoje, principalmente nos shoppings. É a caneta, carregador e essência. Essa amostra que trago é com essência de menta, mas eles estão utilizando essência de maconha. Isso está sendo comercializado livremente no comércio, sem nenhum tipo de fiscalização. Os males que esse cigarro eletrônico pode causar são incalculáveis. Estou fazendo essa denúncia no sentido de alertar os pais para esse problema, e, principalmente, as agências fiscalizadoras para reprimir esse comércio clandestino e criminoso, já que atenta diretamente contra a saúde pública”, disse.

Num dia passado, pelo telefone, o ouvinte denunciou a ilegalidade, dizendo que adquirira uma caneta eletrônica facilmente no comércio. Hoje, ele revelou que após a denúncia passou noutro dia no estabelecimento, mas os exemplares do dispositivo tinham sido retirados da vitrine.

Sérgio Costa garantiu que devido à facilidade com que a caneta eletrônica ou cigarro eletrônico é encontrado no comércio, o dispositivo virou moda nos shoppings com jovens usando-o nos banheiros com essência de maconha.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *