Cidades

Setap rebate críticas da direção do Sindicato dos Rodoviários

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap), através de sua assessoria de imprensa


Compartilhe:

 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap), através de sua assessoria de imprensa, rebateu as críticas formuladas pela direção do Sindicato dos Rodoviários acerca da jornada de trabalho da empresa Expresso Marco Zero. O Sincotrap defende jornada única de 7 horas, o que não é permitido por lei.

De acordo com o Setap, a empresa adota jornada de 7 horas, mas intercalada com intervalos que variam de uma a duas horas. O intervalo para descanso é feito no bairro Novo Horizonte em ambiente locado na Praça do bairro provido de banheiro, lavabo e lanchonete.

No dia 15 de janeiro, durante reunião no Ministério Público do Trabalho (MPT) reconheceu a dificuldade de atender o pleito do Sincotrap pois a jornada única de 7 horas fere a legislação.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *