Esportes

Macacoari recebe primeira corrida em homenagem a São Sebastião

O evento esportivo inserido pela primeira vez na programação das festividades em louvor a São Sebastião, acontecerá na manhã do dia 19 de janeiro de 2020, no domingo, às 06h30

Compartilhe:

Pessoas interessadas em participar da corrida deverão fazer suas inscrições pelo site www.centraldacorrida.com.br ou de maneira presencial na Loja Fox Time, na avenida Presidente Vargas, no bairro de Santa Rita, em Macapá.

A corrida que foi idealizada pelo ex jogador de futebol e filho da comunidade, Zezinho Macapá, terá um percurso de 5km, com largada em frente à igreja de São Sebastião, passando pela estrada de terra batida, e tendo seu retorno na Comunidade do Caiçara. “Precisamos trazer pessoas para conhecer nossa comunidade e nossa história e essa corrida fará esse papel, ela acontecerá todos os anos como parte da Festa de São Sebastião, quanto a mim só quero deixar minha contribuição para a comunidade que meus avós e bisavós ajudaram a construir”, disse Zezinho Macapá.

A História da festividade de São Sebastião

A Comunidade do Carmo do Macacoari está localizada a 115km de distância da Capital Macapá. A região é parte do Município de Itaubal do Piririm e seu principal acesso se dá pela Rodovia AP 70. Desde sua criação no século XIX até o início do século XX, parte da região tem como aquecimento econômico, a criação de gado bovino, sendo este fenômeno, a gênesis principal das festividades de São Sebastião.

A história começou há 110 anos, quando o cavalo “Pé de Valsa” do vaqueiro Januário Apurema adoeceu, e para restabelecer a saúde do animal, Januário faz uma promessa à São Sebastião e com a graça alcançada, desde então, todos os anos, a Vila do Carmo do Macacoari é palco de uma das maiores festas populares da região, com novenário, missa, torneios, atividades esportivas, procissão, brincadeiras, corrida de cavalo e o tradicional baile, reunindo em um só lugar, visitantes de todo Estado do Amapá e da Amazônia.

Também foi em uma das festividades de São Sebastião no Macacoari, que no dia 21 de janeiro de 1958, um acidente aéreo, o primeiro ocorrido na história do ex território do Amapá, ceifou as vidas do Deputado Coaracy Nunes, do Promotor Hildemar Mais e do piloto Hamilton Silva.

Hoje em homenagem às vítimas do acidente, logradouros, ruas e avenidas de Macapá e de outros munícipios do Estado recebem os nomes das referidas personalidades, e tramita na Assembleia Legislativa de autoria da deputada estadual Cristina Almeida/PSB-Ap, um requerimento para transformar o espaço onde encontram-se os restos dos destroços da aeronave, um monumento em memória às vítimas, bem como, um espaço para visitação turística.

A Vila do Carmo do Macacoari, tem um enorme potencial turístico. Fazendo parte do cenário amazônico é possível desfrutar de suas belezas naturais em passeios de barcos pelo Rio Macacoari e encontrar ninhais de pássaros, botos, igarapés, lagos, fazendas, e uma diversidade de iguarias e banhos, misturado as lendas e místicas da região.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *