Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Diário Destaque

Ypiranga entra com ação no Tribunal de Justiça Desportiva para disputar o Amapazão 2022

Segundo presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, Arthur Lobo, o clube alega falha nos procedimentos de saída, por parte da Federação Amapaense de Futebol (FAF).


Lana Caroline
Da Redação

 

Iniciado nesta quinta-feira (28), o Campeonato Amapaense de Futebol 2022 corre o risco de ser paralisado por conta de uma ação impetrada, pelo Ypiranga, no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), pedindo a inclusão no Amapazão. O clube tinha desistido de participar do certame, após alegar dívidas provenientes de processos civis e trabalhistas da gestão passada.

Segundo presidente do TJD, Arthur Lobo, o clube alega falha nos procedimentos de saída, por parte da Federação Amapaense de Futebol (FAF). “A questão é o fato de a Federação não ter adotado todos os procedimentos necessários para a saída do clube. O Ypiranga alega que não houve comunicação formal da FAF referente a solicitação de desistência”, disse.

A solicitação do Clube da Torre foi aceita por Arthur Lobo, que intimou a Federação e todos os outros clubes participantes da competição informando a suspensão do campeonato a partir do jogo do dia 05 de maio, entre Macapá e Trem, porém os jogos entre São Paulo/AP e Santos/AP (30/04) e Oratório e Independente/AP (03/05) estarão mantidos.

No dia 03 de maio está marcado o julgamento da ação que vai definir o destino do Ypiranga Clube, se vai ser incluso ou não no campeonato. “Se for caracterizada a desistência, o clube pode ser punido com suspensão de dois anos de todas as competições da Federação”, concluiu Arthur Lobo.


Comente