Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Diário Destaque

18ª edição do Acampamento Terra Livre reúne povos indígenas de todo Brasil

Até o dia 14 de abril, os indígenas estarão acampados na Fundação Nacional de Artes (Funarte), localizado no Eixo Monumental, na capital brasileira, para reivindicar projetos de lei que violam os direitos dos povos indígenas.


Lana Caroline
Da Redação

 

 

A 18ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL), com o tema “Retomando o Brasil: Demarcar Territórios e Aldear a Política”, iniciou na última semana, na Fundação Nacional de Artes (Funarte), localizado no Eixo Monumental (DF), e reúne diversos indígenas de todas regiões do Brasil.

Até o dia 14 de abril, os indígenas estarão acampados na capital brasileira para reivindicar a votação de projetos que violam os direitos dos povos originários, como o Projeto de Lei 191/2020, que abre as terras indígenas para a mineração.

“Estamos trazendo diversos temas relevantes como pauta para os povos indígenas do Brasil. Além dessa PL, que libera o garimpo nas nossas terras, vamos falar sobre os ataques que sofremos no Congresso Nacional, mudanças climáticas, nossos avanços e conquistas, entre outros assuntos”, disse Simone Karipuna, uma das representantes do movimento.

Após dois anos de pandemia, a mobilização ocupa a capital federal não só por causa da luta dos povos indígenas, mas por todo o povo brasileiro. “O movimento indígena no Brasil entende que precisamos ocupar e que nossas vozes ecoem a partir das demandas que vivenciamos dentro do nosso território. Essa é a forma de estarmos nos espaços de grande relevância e de legislar não para os povos indígenas, mas para outros espaços”, encerrou Simone.


Comente