Polícia

Assaltantes de ônibus presos são da mesma família

Quatro homens foram presos e três menores apreendidos na região de Laranjal do Maracá, às margens da BR 156, suspeitos de envolvimento no assalto a um ônibus que trafegava entre Macapá e Laranjal do Jari, no sábado.

Compartilhe:

Segundo a polícia, os bandidos tinham roubado um caminhão baú que fora colocado na estrada para forçar a parada do ônibus.

Dois policiais militares estavam no ônibus intermunicipal, mas não reagiram por estar em desvantagem, já que todos os criminosos portavam armas longas e estavam bem municiados. Bolsas, malas, sacolas e objetos de mão, como aparelhos celulares, foram levados dos passageiros.

Um dos policiais que estava no ônibus conseguiu escapar para a área de mata. Consta que ele ainda foi perseguido por alguns assaltantes, mas conseguiu fugir. O policial conseguiu chegar até uma residência onde existe um telefone. Foi nessa casa que o dono- sem saber que aquele homem era policial – relatou que seus filhos estavam há dois dias no mato.

A colocação despertou a atenção do militar que informou as autoridades sobre o ocorrido, e da suspeita de que naquela casa poderia morar um dos suspeitos. Homens do 1º Batalhão de Polícia Militara (11º BPM) de Laranjal do Jari – inclusive os que estavam de folga – iniciaram uma verdadeira caçada na região conseguindo localizar e prender os elementos.

Irmãos, tios e sobrinho. Todos são da mesma família. A polícia apreendeu as armas e conseguiu recuperar a maioria dos objetos roubados, dinheiro, jóias e aparelhos celulares. Foram presos Clebson Ferreira de Souza, 24 anos, José Raimundo Gonçalves Barroso, de 23, João Luiz Ferreira, de 26 anos, José Augusto Oliveira Souza, 19 anos, e outros três menores foram apreendidos.

O mentor do assalto seria Robson Ferreira de Souza, 26 anos, que já cumpriu pena por assalto e que conseguiu escapar ao cerco. Ele está sendo procurado.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *