Polícia

Bandidos armados executam sargento da PM que estava de folga

O 2º sargento da Polícia Militar (PM), Wanderley Costa Araújo, 46 anos, foi executado à bala na noite de sábado, 13, durante uma emboscada em um bar localizado na avenida Santana, em Santana, distante 17 quilômetros da capital, Macapá.

Compartilhe:

Pelo menos três homens são suspeitos de envolvimento na morte do policial, que estava de folga.

Segundo testemunhas, os homens chegaram ao local em um carro escuro. O veículo parou em frente ao bar, mas do outro lado da rua. O sargento estaria de costas quando foi surpreendido pelos criminosos, sem chance alguma de defesa. Pelo menos quatro tiros foram disparados contra a vítima, sendo que um deles atingiu a cabeça de Wanderley que tombou morto no local.

A arma do policial foi levada pelos bandidos. Na cintura de Wanderley estava apenas o coldre da arma.

Os bandidos fugiram pela rodovia JK. Cerca de duas horas depois o automóvel foi localizado abandonado próximo ao Fórum de Santana. Durante a madrugada de domingo, 14, homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) prenderam em Macapá um dos suspeitos que foi identificado como Railton Cardoso Araújo, de 22 anos.

Ele foi reconhecido por testemunhas, inclusive, de um posto de gasolina onde os suspeitos teriam abastecido o carro minutos antes do crime. O homem foi apresentado na Seccional de Flagrantes do Pacoval onde permanecia preso. A Polícia Civil diz que ainda não pode falar sobre o caso detalhadamente para não comprometer as investigações, mas que já tem a identidade dos outros suspeitos. Railton nega envolvimento, apesar das testemunhas e da filmagens de um circuito de câmeras onde ele aparece ao lado dos outros dois homens que teriam envolvimento na morte do sargento.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *