Política

Aline Gurgel articula R$ 5,2 milhões junto ao Ministério da Cidadania para fomento do PAA

Foi o maior volume de recursos já conseguido por um parlamentar para fomentar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), no Amapá.

Compartilhe:

Na manhã de quarta-feira (14), ocorreu o lançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) 2020. A deputada federal Aline Gurgel (Republicanos) foi responsável por intermediar a vinda de recursos para o Amapá na ordem de R$ 5,2 milhões junto ao Ministério da Cidadania.

 

“O governador Waldez Góes me acionou para que pudéssemos atuar junto ao governo Federal para aumentar os valores desse programa devido ao momento que estávamos [e ainda estamos passando] e assim fizemos. O resultado é que conseguimos o maior repasse da história desse importante programa” comentou a deputada.

 

Recursos a mais

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus o governo Federal disponibilizou cerca de R$ 500 milhões a mais para os estados investirem no PAA. Aline Gurgel, sabendo da realidade em que os agricultores locais passavam, oficializou junto ao Ministério da Cidadania para que fossem disponibilizados mais recursos para o Amapá. “Fui pessoalmente à Brasília com o diretor do Rurap para que esses recursos chegassem a quem realmente precisa e hoje estamos aqui no lançamento”, disse a deputada.

Agricultores, Agroextrativistas, ribeirinhos e pescadores destinam sua produção para as famílias mais carentes e que possuem insegurança alimentar e nutricional.

 

O programa

No programa serão destinados R$ 7,2 milhões para beneficiar 1.044 agricultores em todo o estado.

 

Durante o lançamento, no Projeto Minha Gente, foram beneficiados 35 agricultores de 14 entidades. No total foram adquiridas 9 toneladas de alimento com 23 produtos. A feira realizada para lançamento do programa movimentou R$ 41.801, 20 em investimentos.

 

Este ano o PPA vai atender mais de 42 mil famílias em vulnerabilidade social. “O Programa de Aquisição de Alimentos tem recebido atenção especial do governo do Amapá, pois esse programa é uma política pública que promove a inclusão social e produtiva nos 16 municípios do Amapá”, complementou a parlamentar.

 

Entre os produtos recebidos, estão os da fruticultura, horticultura, grãos, raízes, tubérculos, pescado e visa estimular a participação dos agricultores familiares PAA, por meio de compras públicas.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *