Política

Assembleia Legislativa do Amapá suspende novas etapas do concurso público

Medida atendeu pedido da Fundação Carlos Chagas, que tem sede em São Paulo, por conta do coronavírus

Compartilhe:

O presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, deputado Kaká Barbosa (PL), anunciou ontem à noite a suspensão do concurso público destinado ao provimento de cargos vagos do quadro de pessoal permanente e formação de cadastro reserva, que teve início em fevereiro deste ano. A decisão está publicada no Diário Oficial da Casa, edição de terça-feira (24).

Com a medida, ficam suspensas todas as etapas que estavam previstas para ocorrer a contar da data da publicação do edital. A decisão terá validade até que sejam plenamente restabelecidas a normalidade do convívio social e as atividades ordinárias nos âmbitos público e privado, por determinação das autoridades do Poder Executivo Federal, dos Estados do Amapá e de São Paulo, bem como dos municípios de Macapá e de São Paulo.

A iniciativa atende a solicitação da Fundação Carlos Chagas, responsável pela execução do certame. A instituição está sediada na capital paulista, que entrou em quarenta pelos próximos 15 dias e com a possibilidade de prorrogação do prazo dependendo da situação. Ou seja, mesmo que no Amapá a pandemia esteja controlada, a publicação do novo edital vai depender da normalização das atividades na cidade paulista. São Paulo é o estado com maior número de casos confirmados, e de mortes, pelo novo coronavírus.

Com isso, assim que a situação seja normalizada em todo o país, a Assembleia Legislativa irá divulgar novo edital dando prosseguimento ao concurso, com a fixação de cronograma contemplando novas datas para a realização das etapas que deixaram de ser realizadas.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *