Política

Em Tartarugalzinho e Porto Grande, Davi anuncia investimentos em novas obras com recursos já liberados para desenvolver o Amapá

Em comitiva, senador participou de inaugurações, ordens de serviço para obras e liberação de recursos para Tartarugalzinho e Porto Grande

Compartilhe:

Com o recesso parlamentar de julho, o senador Davi Alcolumbre deixou Brasília e passou 20 dias viajando pelo Amapá, ouvindo os prefeitos, acompanhando obras e prestando contas de recursos articulados por ele para o desenvolvimento do estado.

No último final de semana, a agenda foi cumprida em Tartarugalzinho e em Porto Grande. Davi foi em comitiva, com o governador Waldez, a coordenadora da bancada federal, Aline Gurgel; senador Lucas Barreto e deputado Luiz Carlos, além do prefeito de Amapá, Carlos Sampaio (presidente da Ameap); Ary Duarte, prefeito de Vitória do Jari, e da prefeita Beth Pelaes, de Pedra Branca.

Tartarugalzinho

Logo na chegada em Tartarugalzinho, na sexta-feira (30), Davi foi recepcionado pelo prefeito Bruno Mineiro e os vereadores do município, de quem recebeu, simbolicamente, a entrega das chaves da cidade. Na Câmara dos Vereadores foi assinada a ordem de serviço para pavimentação em bloquetes de ruas e avenidas da cidade, com recursos articulados por Davi no valor de R$ 2 milhões. Também foi assinada a ordem de serviço para a construção do primeiro estádio de Tartarugalzinho, no valor de 4 milhões. Trata-se de uma reivindicação antiga do município, que é conhecido pela paixão que nutre pelo esporte.

Na sequência, Davi esteve no Centro de Reabilitação de Tartarugalzinho, que cresce em importância e responsabilidade porque atende os municípios da Região dos Lagos: Tartarugalzinho, Amapá, Pracuúba e Calçoene. O centro funciona e recebe todo o apoio do governo do estado e da prefeitura, mas carece de recursos para promover melhorias, como, por exemplo, a climatização do prédio. Constatado o problema e feito o pedido, Davi se comprometeu em destinar recursos para tal.

 

Muro de arrimo

Aproveitando as presenças das autoridades na cidade, Bruno Mineiro levou Waldez e Davi para visitar as obras do muro de arrimo, que fica na orla. O projeto está sendo tocado com recursos do ministério do Desenvolvimento Regional, por articulação de Davi, no valor total estimado de R$ 3,7 milhões e, segundo o prefeito, já gerou 22 novos postos de trabalho. Agora, o novo desafio é destinar recursos para complementar a orla, no melhor estilo balneário, com quiosques e playground infantil. Um espaço mais moderno e bonito, que possa virar um ponto turístico.

Ficou combinado que a prefeitura, em parceria com o GEA, vai apresentar esse projeto “arrojado, funcional e moderno, que valorize a orla e atraia turistas para Tartarugalzinho”, e Davi se comprometeu em viabilizar recursos para realizar a obra.

Mais trabalho

Davi aproveitou para destacar que destinou R$ 500 mil para Assistência Social, e recursos para três escolas de ensino fundamental no valor de R$ 400 mil cada. Nessa prestação de contas de trabalho destinado ao município, o senador também disse que destinou R$ 1 milhão para a construção de uma praça em Bom Jesus e outra na comunidade Cedro.

Davi assinalou que destinou recursos, via FNDE, para aquisição de mobiliário, climatização, instrumentos musicais e aquisição de ônibus escolares em Tartarugalzinho, perfazendo o total de R$ 633 mil.

Também foi firmado convênio com o Incra para recuperação de estradas vicinais no valor de R$ 7 milhões.

Para a saúde, Davi destinou emenda de R$ 1,2 milhão para custeio do sistema de saúde.

 

Passaporte para o Futuro

No final do dia, um momento de grande emoção na praça central, com o lançamento oficial do “Passaporte para o futuro”, um projeto do Instituto Léo Moura, ONG do ídolo que fez história no futebol brasileiro e que acredita no esporte como ferramenta de transformação social.

Com recursos destinados pelo ministério da Cidadania, a pedido do senador Davi, o Instituto Léo Moura vai montar 20 escolinhas de futebol no Amapá e atender 6 mil crianças em 2 anos. O projeto será tocado por gente do Amapá, por profissionais amapaenses, garantindo 80 empregos diretos.

 

Porto Grande

Em Porto Grande, no sábado (31), a visita ao Hospital Regional Maria Lúcia – Porto Grande, pela importância, mereceu toda atenção. É que, quando estiver pronto, o hospital vai oferecer UTI, maternidade e pronto-socorro. A previsão é de que a unidade seja entregue para a população em 2022. O hospital será referência, e vai atender casos de alta e média complexidade de moradores de Porto Grande e cidades próximas, como Ferreira Gomes, Serra do Navio e Pedra Branca do Amapari.

 

Hospital de referência

A obra do hospital está 50% pronta e recebeu R$ 15,5 milhões, sendo que R$ 12 milhões são investimentos do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado entre o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf); Ministério Público Estadual (MPE); Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Hidrelétrica Cachoeira Caldeirão. O hospital também recebeu R$ 3,5 milhões em equipamentos, fruto de articulação do senador Davi Alcolumbre com a prefeitura de Porto Grande.

Bairros pavimentados

Recepcionado pelo prefeito José Maria Bessa, Davi também visitou as obras de pavimentação em bloquetes no bairro Aeroporto, já bem adiantadas, e acompanhou a assinatura da ordem de serviço para pavimentação dos bairros Malvinas e Centro, também com recursos articulados pelo senador. São mais de R$ 5 milhões investidos em obras de pavimentação em Porto Grande.

 

Sem vaidade

“A história do Amapá é a história que estamos escrevendo juntos. É a união das pessoas que querem fazer as coisas acontecerem. É um esforço coletivo, é a união para além dos partidos, em prol da boa política, onde a gente se despe de vaidades e prioriza o desenvolvimento do estado e o bem-estar e melhores condições de vida, de saúde, educação e oportunidades para as pessoas. Nada é mais forte do que a determinação de querer fazer certo e fazer bem feito”, resumiu o senador Davi.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *