Política

Índios ocupam secretaria em Macapá

Os índios pedem a imediata saída da coordenadora distrital de saúde indígena, Vanderbilte Barbosa Marques, e a troca da empresa Heringer Táxi Aéreo, responsável pelo transporte dos nativos.

Compartilhe:

Índios das etnias Waiãpi, Tiriós, Caxuaina, Apalaí, Waiana e Karipuna, das terras da região do Amapari, lado norte do Parque Tumucumaque e Oiapoque, ocupam o prédio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), no bairro do Trem.

A ocupação começou pela manhã desta terça-feira, 18. Os índios pedem a imediata saída da coordenadora distrital de saúde indígena, Vanderbilte Barbosa Marques, e a troca da empresa Heringer Táxi Aéreo, responsável pelo transporte dos nativos.

Os indígenas alegam que há dois meses encaminharam uma lista com diversos pedidos, frutos de assembléia geral deles com os gestores da Sesai, mas pouca coisa foi atendida. Outro motivo da revolta dos índios foi a informação de que os atuais funcionários seriam substituídos por outros, causando descontentamento nas aldeias.

De acordo com Celestino Caxuiana, os funcionários já se habituaram com a cultura local, e a troca causaria enorme prejuízo para a comunidade.

Os indígenas disseram que a ocupação só termina com a exoneração da gestora e a troca da empresa responsável pelo transporte dos doentes do Parque Tumucumaque. O acesso às aldeias indígenas do Tumucumaque só ocorre por via aérea.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *