Política

Juízas Renata Gil e Elayne Cantuária são eleitas para o comando da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)

Como única representante da região Norte, a juíza amapaense Elayne Cantuária foi eleita vice-presidente para Assuntos Legislativos da AMB.

Compartilhe:

A chapa 2, liderada pela juíza Renata Gil, atual presidente da Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj), venceu a eleição da entidade nacional para o triênio 2020-2022, nesta sexta-feira (08/11), com 80% dos votos de todo o país. É a primeira vez, em 70 anos de existência da Associação dos Magistrados Brasileiros, que uma mulher é eleita presidente da entidade.

O desembargador-presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, João Lages, destacou que a juíza Renata Gil, “ao longo de seus 21 anos de carreira, tem sido firme na defesa do estado democrático de direito, ética e contundente na sustentação das prerrogativas da magistratura, demonstrando a independência que a sociedade espera do Poder Judiciário”.

O presidente do TJAP destacou ainda a escolha da juíza Elayne Cantuária como representante da magistratura amazônica na chapa. “Elayne está se despedindo da presidente da Associação dos Magistrados do Amapá (AMAAP), onde mostrou toda sua capacidade de articulação e representação de classe. Agora assume esta tarefa junto à AMB, que é acompanhar a tramitação dos projetos de lei de interesse da magistratura e da sociedade brasileira junto do Congresso Nacional”, enfatizou.

“Estou muito agradecida e honrada por ter sido escolhida por meus colegas para assumir com muita responsabilidade esta tarefa. Serei a única vice-presidente do Norte na AMB, e desempenharei com dedicação e afinco as minhas atribuições”, disse a juíza Elayne Cantuária.

A juíza Renata Gil ressaltou a importância do cargo. “Representar os 18 mil magistrados brasileiros é uma responsabilidade que assumo de coração aberto, alma pronta para desafios e muita disposição para trabalhar nestes próximos três anos na defesa veemente da magistratura brasileira”, prometeu.

Disputaram o pleito o juiz Luiz Gomes da Rocha Neto, candidato pela chapa 1 – “Magistratura Independente”; a presidente Amaerj, Renata Gil, candidata pela chapa 2 “AMB + Forte, Uma só Magistratura”; e o presidente da Associação dos Magistrados Trabalhistas da 12ª Região (Amatra 12), José Carlos Külzer, candidato à presidência pela chapa 3 – “Unidade (da carreira) e (é) Independência (da Magistratura)”.

Magistrados amapaenses também participaram do pleito como integrantes da comissão eleitoral: Desembargador Carlos Tork, diretor da Escola Judicial do Amapá (EJAP); e os juízes Mário Mazurek, titular do gabinete 01 da Turma Recursal; Adão Carvalho, titular da 2ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões da Comarca de Macapá; e Aline Conceição Cardoso Almeida Perez, titular da 1ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Santana.

 

Resultado da votação
Chapa 2: 6.584
Chapa 1: 951
Chapa 3: 765
Votos válidos: 8.300

 

Confira a composição da chapa eleita

Renata Gil (presidente da Amaerj) – presidente
Elayne Cantuária (presidente da Amaap) – vice-presidente
Fábio Esteves (presidente da Amagis-DF) – vice-presidente
Fernando Bartoletti (presidente da Apamagis) – vice-presidente
Herval Sampaio (presidente da Amarn) – vice-presidente
Jussara Schittler (presidente da AMC) – vice-presidente
Levine Raja Gabaglia (Asmego) – vice-presidente
Maurício Drummond (RJ) – vice-presidente
Ney Alcântara (presidente da Almagis) – vice-presidente
Rosimere Couto (Amagis-MG) – vice-presidente
Thiago Brandão (presidente da Amapi) – vice-presidente
Vera Deboni (presidente da Ajuris) – vice-presidente
Antônio César Coelho (presidente da Amatra XIV) – coordenador da Justiça do Trabalho
Frederico Mendes Júnior (Amapar) – coordenador da Justiça Estadual
Paulo Adib Casseb (Amajme) – coordenador da Justiça Militar
Priscilla Corrêa (RJ) – coordenadora da Justiça Federal
Roberto Felinto (Amaerj) – coordenador do Aposentados
Alexandre Miguel (presidente da Ameron) – Conselho Fiscal
Eduardo Siravegna (presidente da Amamsul) – Conselho Fiscal
Maria Isabel da Silva (Amagis-DF) – Conselho Fiscal

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *